A Banda do Futuro Apresenta: Espelho de Sharmene

Sob forte influência da música brasileira dos anos 70, do rock'n'roll e alogando com as tendências musicais contemporâneas a VELOTROZ é uma banda única naquilo que se propõe fazer. Desde o seu início, em 2007, a banda vem conquistando sua própria sonoridade ousada, atemporal, energética, madura, diversa, que remete a suas influências, porém com seu colorido timbrístico e identidade e atitude interpretativa singular.

As letras da VELOTROZ tratam de relações entre pessoas, da natureza, da liberdade, da tecnologia, do tempo, do cotidiano, tudo de modo particular (com uma perspectiva particular / com um olhar particular). Apresentam tais temas à luz do século XXI, inseridos no contexto atual com todas as suas problemáticas e dúvidas, todo espanto e revelação daquilo que ainda estamos descobrindo como lidar, com os novos modos de sentir e entender.

Vencedora por unanimidade de júri do Desafio das Bandas em 2011, promovido pelo Jornal A Tarde, a banda se destacou pelo seu trabalho e tem participado de importantes projetos locais, como o Encontro de Compositores, o festival Sanguinho Novo (liderado pela banda Cascadura), o Vila do Rock (homenagem do Teatro Vila Velha ao mês do rock em 2011) e o Vila da Música (desdobramento do Vila do Rock 2012).

Em 2007 a banda gravou seu primeiro disco demo, o “Duas e Meia”, seguido pelo disco “Parque da Cidade” (2009). Em 2012 lançou o EP “A Banda do Futuro apresenta: Espelho de Sharmene”, gravado pelo produtor musical Jorge Solovera. O prêmio conquistado pelo festival Desafio das Bandas, proporcionou a VELOTROZ a gravação de um disco produzido pelo experiente produtor musical Tadeu Mascarenhas, no estúdio Casa das Máquinas, com lançamento previsto para o final de 2012. O projeto simboliza a fase mais madura da banda.

A banda é formada pelos viajantes Giovani Cidreira (voz e violão), Tássio Carneiro (guitarra e teclado), Silvio de Carvalho (guitarra), Caio Araújo (contrabaixo), Maicon Charles (bateria) e Filipe Castro (percussão), chamando atenção do público e dos críticos com seus shows sempre frenéticos e contagiantes.

Duas e Meia
2007
Parque da Cidade
2009
Espelho de Sharmene
2013